Ultimas atualizações
  • CUSTOMIZAÇÃO DE MOTOS HD

  • PRODUTOS PARA HARLEY-DAVIDSON

  • TOMBO NA LAMA NO PR

  • RJ: SALÃO MOTO BRASIL

  • DIAVEL BLACK

  • ESPANHOL DE MOTOVELOCIDADE

  • BRASILEIRO DE MOTOCROSS

  • RECALL NA HONDA CRF 450 R

  • INDENIZAÇÕES DPVAT

  • Post por // maio 31, 2018

    Força e facilidade nas manobras apesar do tamanho

    Diavel Black é o primeiro modelo avaliado pelo #UMtestou com opinião de usuários

    Se aparecer é o que todos querem nos dias de hoje, estar sobre uma Ducati Diavel é sinônimo de chamar a atenção. Ela não é a moto do Batman, apesar de seu jeitão sombrio, mas foi usada nas cenas quase finais do filme “Wolverine, Imortal” em  pouquíssimos frames, é verdade, mas estava lá “imortal” na história reproduzida dos quadrinhos de Marvel, no cinema (veja AQUI). Uma combinação de estilos perfeita: sombria, musculosa e forte. Tão forte quanto o personagem: o modelo avaliado fez a média de 100km/h em 2, 93 segundos, igual a modelos mais esportivos.

    A Ducati Diavel usada pelo #UMTestou por quatro dias foi a Black 2013. Com um design agressivo o modelo atrai olhares de todos os cantos e, de forma incrível, transforma o piloto no centro das atenções. As pessoas querem saber um pouco mais e se aproximam para ver, tocar e olhar. Antes de fazer qualquer pergunta, o sinal de espanto e fascinação pela máquina toma conta das faces dos curiosos. São momentos de silêncio em que a única coisa que fazem é observar, olhar de todos os ângulos, ver cada detalhe.

    O editor do #MMBtestou em manobras com a Diavel

    Fáceis manobras com a Diavel

    Essa cena se repetiu por quase todos os dias de avaliação, na estrada, na avenida ou na ruazinha estreita da cidade de Mogi das Cruzes (SP). Olhares encantados com a moto, expressões faciais de aprovação e dedos polegares indicando “positivo”. Até recebermos as primeiras frases do tipo: “Ai sim, hein? Isso sim é que é motocicleta”. Se o tamanho, a cor, o design da moto deixam embasbacados os mais comuns, tudo isso deixa o piloto ainda mais apaixonado pela marca e pelo modelo. A avaliação foi feita pelo jornalista e motociclista Bene Rodrigues, editor do UniversoMoto (UM).

    Nos quatro dias, a moto foi apresentada a outros motociclistas para que pudessem avaliá-la como usuários e opinar sobre a maneabilidade, frenagem, peso, porte, sem entrar em detalhes técnicos, que ficaram a critério de uso por parte do editor. ( Veja a opinião dos usuários AQUI.)

    A avaliação foi, antes de mais nada uma mistura de várias sensações e emoções, que é possível constatar a partir daquilo que os convidados a avaliar e testar falaram da motocicleta e de como seria possuir um modelo como este para uso diário, para turismo, passeios ou viagens mais longas. A Diavel é uma muscle bike italiana, tem ciclística custom e alma de esportiva. Não é a toa que a fábrica colocou a bordo o controle de tração em três modos de pilotagem, de acordo com o interesse do piloto: o Urban (112 cv), o Touring ou o Sport (162cv), que permitem escolher a forma como a moto vai responder quando acionado o motor de quatro válvulas e potência de 1.198 cc.

    O riding mode permite ajustar a pilotagem: urbana, touring ou esportiva

    O riding mode: urbana, touring ou esportiva

    Com dois cilindros em “L”, como é denominado pela fábrica, pela sua separação em 90º, a Testatretta permite uma explosão maior, fato que a Diavel realmente comprova quando se executa o acelerador, especialmente no modo Sport. A máquina gera um torque massivo (127,5 Nm a 8.000 rpm) que permite chegar rapidamente aos 100 Km/h.

    No modo Touring permite ao piloto usufruir dessa potência para passear e acompanhar a paisagem ao longo das estradas. Já no modo Urban permite manobras que ninguém poderia imaginar em um modelo do tamanho e porte da Diavel. Ela se sai muito bem no esterço e passa com facilidade entre os carros. Foi em uma dessas passagens pelo corredor da Avenida Nove de Julho, no Jardim Paulistano, em São Paulo, que um motorista fez questão de acenar para aprovar a manobra, algo impensável para uma moto do tamanho da Diavel.

    © Todos os direitos reservados - 2018