Ultimas atualizações
  • Teste 1: Teste

  • CUSTOMIZAÇÃO DE MOTOS HD

  • PRODUTOS PARA HARLEY-DAVIDSON

  • TOMBO NA LAMA NO PR

  • RJ: SALÃO MOTO BRASIL

  • DIAVEL BLACK

  • ESPANHOL DE MOTOVELOCIDADE

  • BRASILEIRO DE MOTOCROSS

  • RECALL NA HONDA CRF 450 R

  • Post por // setembro 25, 2015

    Kawasaki apresenta linha off-road 2016  na cidade de Itupeva (SP)

    Jornalistas e concessionários testaram motocicletas na pista e as inovações da KX450F

    Fotos: Luis Bueno – VGCom

    A

    Pilotos testam as novas off road

    Pilotos testam as novas off road


    Kawasaki Brasil recebeu nesta semana jornalistas e convidados na pista do Kalango Cego, em Itupeva, interior de São Paulo para um dia dedicado à apresentação da linha off-road 2016 da marca e puderam conferir a apresentação das motocicletas, suas especificações técnicas, alterações e esclarecer as dúvidas junto à equipe da Kawasaki Motores do Brasil.
    No evento, a empresa deu destaqu para a Kawasaki KX450F . O modelo trouxe um conjunto de mudanças em um novo design com tanque de combustível e assento mais planos, quadro e protetores mais estreitos, caixa de ar que reduz o ruído da admissão e entradas na parte posterior do banco e visual mais agressivo.
    Modelo é mais leve e permite manobras mais fáceis

    Modelo é mais leve e permite manobras mais fáceis


    As melhorias no motor, chassis e outros itens, segundo a empresa, resultaram em uma redução de peso de 3,4 kg facilitando a pilotagem em saltos e curvas. O cilindro foi deslocado 8,5mm para frente, reduzindo o atrito e permitindo maior geração de potência e o cabeçote foi redesenhado, gerando um motor com muito mais potência e torque. Agora com um novo Kit de calibragem DFI é possível modificar os mapas de combustível e ignição. O dispositivo, vendido separadamente, é mais prático para ser transportado à pista e inclui todos os cabos necessários. A lista de mudanças é extensa e proporciona total mobilidade ao piloto.
    Na pista de testes, os profisionais a imprensa testaram as novas máquinas para comprovar potência  a facilidade de pilotagem. Depois dos jornalistas e concessionários acelerarem as verdinhas foi a vez dos pilotos oficiais Kawasaki Racing Brasil. Eles puderam analisar as inovações da linha off-road 2016. Para Ramon Sacilotti, bicampeão brasileiro de Rally Baja e vice-campeão do Rally dos Sertões 2015 a nova KX450 2016 é fantástica!
    “Fiquei impressionado com a leveza e a maleabilidade da motocicleta. Ela faz curvas com muita facilidade e nos saltos nos traz muita segurança para os scrubs evitando a perda de tempo no ar. Além disso, o motor forte e progressivo, traciona mais nas saídas de curva proporcionando uma pilotagem muito mais segura e confortável”, revelou Ramon.
    Para os irmãos Marcello “Ratinho” e Dudu Lima a KX450F oferece uma ciclista perfeita. Marcello “Ratinho”, disse que impõe muito estilo em seus scrubs, o peso da nova 450cc é seu grande diferencial.
    “O novo modelo ganhou muito na relação peso X potência. Por ela estar, consideravelmente, mais leve ficou melhor para fazer as curvas e saltos e acredito que por esse motivo ganhe em potência, já que tem menos peso para levar.  A moto está incrível, muito leve, rápida e com um design lindo. Estou louco para começar a acelerá-la nas competições pelo Brasil”, pontuou “Ratinho”.
    Por outro lado, Dudu Lima“A motocicleta é muito leve, com uma ciclística ainda melhor que a do modelo anterior. Está muito mais fácil de pilotar, muito mais leve e, para mim, os freios são um ponto forte do modelo. Estou feliz por ter um equipamento de ponta, principalmente sabendo que no ano que vem subirei de categoria e vou acelerar a KX450F na MX1”, comemorou Dudu Lima, líder da categoria MX2 no Arena Cross 2015.
    Jorge Balbi Jr. teve a oportunidade de comandar a Kawasaki KX450F 2016 na última etapa do Campeonato Mundial de Motocross, que aconteceu no último final de semana em Glen Helen, nos Estados Unidos, e encerrou a rodada como o melhor piloto privado da rodada, com uma boa 21ª posição.
    “O modelo 2016 é bastante superior ao anterior. As mudanças podem ser notadas logo na hora de tirar a moto do cavalete: seu peso está menor, o que faz com que ela curve melhor e pegue a direção desejada com maior facilidade. Senti um ganho muito grande nas partes de baixa e média. O modelo anterior já tinha boa estabilidade em alta, mas o novo modelo traz essa estabilidade em baixa, média e alta. Na parte de motor, com a mudança de injeção, com a mudança elétrica a moto responde muito melhor, inclusive na retomada de curvas. Estou apaixonado pela KX450 2016 que é, sem dúvidas, a melhor moto que já pilotei”, analisou Jorge Balbi Jr.
    © Todos os direitos reservados - 2018