Ultimas atualizações
  • Teste 1: Teste

  • CUSTOMIZAÇÃO DE MOTOS HD

  • PRODUTOS PARA HARLEY-DAVIDSON

  • TOMBO NA LAMA NO PR

  • RJ: SALÃO MOTO BRASIL

  • DIAVEL BLACK

  • ESPANHOL DE MOTOVELOCIDADE

  • BRASILEIRO DE MOTOCROSS

  • RECALL NA HONDA CRF 450 R

  • Post por // março 4, 2013

    Nascido no interior de São Paulo, ele ganhou as pistas e coleciona inúmeros títulos em sua carreira. Veja a trajetória deste campeão.

    Foto: Arquivo Pessoal


    A personalidade do mês do MMB foi um menino prodígio, que aos 17 anos já iniciou na motovelocidade. Ele nasceu em Piracicaba, interior de São Paulo, e carrega um nome forte: Alecsandre Brieda de Grandi, mas é conhecido mesmo por seu apelido: Doca. Aos 43 anos, ele coleciona inúmeros títulos na carreira e ainda continua nas pistas, com um fôlego incansável.
    Fã de motos esportivas, nas competições, ele utiliza uma CBR 1000, sua atual moto favorita. Apaixonado por velocidade, Doca conta que herdou o gosto do pai. “Meu pai era apaixonado por esportes e velocidade. Ele faleceu quando eu ainda tinha seis anos, mas a inspiração sempre permaneceu em mim. Depois, acabei acompanhando alguns amigos  que me levavam às corridas e me apaixonei pelo esporte”, relembra.
    Entre seus ídolos estão Emerson Fittipaldi, Ayrton Senna e Valentino Rossi por serem seus exemplos de dedicação e vontade. Quanto ao circuito que mais gostou de correr, ele é direto: “O traçado original do Rio de Janeiro era o circuito perfeito para motos, porém, a política o destruiu, e hoje posso dizer que Interlagos, em São Paulo, é o meu favorito.”
    Carreira

    Foto: Arquivo pessoal


    Com mais de 25 anos de carreira, são inúmeros os pódios colecionados por Doca, mas um, foi inesquecível para o piloto. “Foram muitos pódios até aqui… o último mesmo, que foi a vitória nas 500 milhas, em janeiro deste ano, foi emocionante. Mas teve uma corrida em Santa Cruz, quando eu andava nas 500cc, na qual tive uma queda bem feia na sexta-feira de treinos e fiquei bastante lesionado. Larguei praticamente em último e consegui vencer a prova.  Essa foi uma vitória que me emocionou muito.
    E, por ser um piloto experiente e um dos ídolos dessa nova geração do esporte, Doca faz um balanço positivo de sua carreira até agora e fala de seu objetivo atual. “Em toda a minha carreira conquistei muitas vitórias e títulos. Conheci muitas pessoas e amigos, virei ídolo para alguns e, com tudo isso, aprendi bastante. Hoje sou piloto profissional e continuo fazendo o que me dá prazer, o que traz muita realização. Em todas as categorias que passei conquistei o título de campeão, estou indo para a minha 4º temporada na categoria Superbike 1000cc, e nos últimos três anos obtive dois títulos de vice-campeão. Minha meta é buscar o título nessa categoria.”
    Em 2013, o incansável piloto paulista tem novos objetivos. Ele está ingressando para um novo campeonato, o Campeonato Brasileiro de Moto 1000GP. Aos fãs, ele já adianta: “Vou com muita vontade e garra para obter bons resultados neste ano!”
    Fora das pistas
    Fora das pistas, Doca busca sempre praticar algum esporte, seja na água ou na terra. Segundo ele, sua família está sempre presente e isso já lhe é gratificante.

    Foto: Radamés Lisboa / Atol das Artes – Divulgação


    Além disso, Doca tenta dividir seu tempo para curtir sua filha, de quatro anos. “Ela é bem agitada. Espero que ela não queira correr de moto algum dia… (rs), mas a incentivo a praticar esportes”, conta o pai coruja. Será que teremos mais uma grande atleta no esporte brasileiro? É esperar para ver!
    Doca diz que se não fosse piloto, não teria deixado a vida esportista de lado. “Minha vida sempre foi ligada a esportes, então, talvez tivesse me profissionalizado em outro esporte”, finaliza.
    Bate e Volta
    Rota ideal: casa de veraneio em contato com a natureza
    Máquina dos sonhos: guiar uma Moto GP
    Moto inesquecível: talvez minha 1º moto
    Ídolo sobre duas rodas: Valentino Rossi
    Quem levaria na garupa: minha esposa
    Uma curva: curva do café (Interlagos – SP)
    Doca quando pilota uma moto: realização
    Sua mensagem aos fãs: sempre acreditem em seus sonhos, mas nunca percam o caráter e a dignidade.
    Por Amanda Gelumbauskas 
    Colaboração para o MMB

    © Todos os direitos reservados - 2018