Ultimas atualizações
  • Teste 1: Teste

  • CUSTOMIZAÇÃO DE MOTOS HD

  • PRODUTOS PARA HARLEY-DAVIDSON

  • TOMBO NA LAMA NO PR

  • RJ: SALÃO MOTO BRASIL

  • DIAVEL BLACK

  • ESPANHOL DE MOTOVELOCIDADE

  • BRASILEIRO DE MOTOCROSS

  • RECALL NA HONDA CRF 450 R

  • Post por // agosto 10, 2011

    Marca irá se concentrar em outras ações de marketing.No ano em que completa gloriosos 50 anos nas competições de motovelocidade, a marca dos diapasões anuncia o fim da equipe oficial que disputa o mundial de Superbike. Esta ação foi tomada visando conter gastos devido a crise que ainda afeta boa parte da Europa (e Estados Unidos), onde as vendas de motocicletas não têm atingido números satisfatórios.
    A Yamaha estará concentrando suas ações de marketing em ações diretas aos clientes. Para o restante da temporada deste ano, a marca irá cumprir todos os acordos com a equipe técnica, pilotos e patrocinadores e pretende lutar pelo título desta temporada, já que seus dois pilotos, Marco Melandri  e Eugene Laverty ocupam respectivamente, terceiro e quarto lugar na classificação parcial do campeonato.
    A Yamaha continuará a fabricar e fornecer kits especiais de competição para quem quiser utilizar as R1 no mundial. Outra possibilidade é de que a equipe ParkingGO que lidera o mundial Supersport ,  com o piloto italiano Giuliano Rovelli , pilotando uma  R6 suba para a categoria principal na próxima temporada, mas para isto está negociando com a Yamaha apoio técnico, semelhante ao que já acontece com a Ducati e a Althea Racing.
    Vamos torcer para que o afastamento desta competição seja breve, pois a Yamaha faz parte da história do motociclismo mundial, e sua falta nos grids será sentida por todos os fãs do esporte. E até o momento fica uma duvida no ar, qual será o destino dos dois pilotos para a temporada de 2012?
    Com informações
    Revista Motociclismo

    © Todos os direitos reservados - 2018